terça-feira, 24 de julho de 2012

Fanfic Você está me matando - Por Bárbara-chan

Imagem do Zerochan

Fanfic Você está me matando

Autora: Barbara-chan
Blog: Pink Moon
Baseada na musica "Sarah Smiles", do Panic! At the disco
-------------------------------------------





O metrô estava como sempre. Cinza ao extremo, pessoas com seus ternos e o clima de mediocridade. A parte da população que estava lá riam ou bocejavam, assim como eu. Estava cansado daquele emprego que me dava uma mixaria, não podia pagar nem a conta de luz direito e quem diria poder pagar aquela universidade de direito.
Afrouxei a gravata antes que ela pudesse me sufocar, o trem estava próximo, pude ouvi-lo, chegar.
Fechei meus olhos para que pudesse relaxar em meio de tanto estresse que a minha vida se tornou em tão pouco tempo, “seria melhor se ela estivesse comigo”, pensei em um instante de segundo.
Abri meus olhos para encarar a realidade e pelo visto vi algo á mais, algo que não deveria ver.
Era ela? Não, não podia ser. Forcei minha vista para que pudesse ver melhor, e sim, minhas expectativas estavam corretas. Era Sarah que eu via, com um vestido vermelho, parecido com que eu á vi da última vez, seus cabelos loiros brilhavam e faziam o metro medíocre ter um pouco de esperança. Ela sorria, iluminando ainda mais meus olhos.
Meu coração começou a disparar, meu rosto se abriu em um sorriso, pude notar o trem passar, nem ligava mais para isso, ela estava bem na minha frente, do outro lado. Era como o paraíso em instantes para mim.
O trem gigante passou estava prestes a atravessar os trilhos. Quando vi outra coisa.
Era um homem, agarrado a Sarah.
Estavam se abraçando. Ela não sorria para mim ou para qualquer outra coisa. Ela estava sorrindo para ele.
Fico me perguntando como sentimentos tão diferentes podiam se expressar tão rápido. Primeiro estava cansado, depois feliz e então, agora me sinto uma tristeza tão. Por um instante pude ver minha alma saindo pelos meus olhos. Não, não era minha alma. Eram lágrimas.
“Homens não choram, a não ser que tenha uma mulher no meio” lembro-me de quando meu pai me disse isso muitos anos atrás. Ele tinha toda razão.
Tantos sentimentos me invadiam agora! Tristeza, raiva, amargura, ódio; tantos que não consigo nem descrevê-los.
Ela mentiu para mim esse tempo todo, a conclusão que tomei foi essa. Um ano atrás, quando comecei a fazer faculdade, ela veio me pedir em namoro. Eu aceitei claro, também gostava muito dela.
Em poucos meses ela me disse que ia se mudar para França, e voltava em pouco tempo também. Deixou-me seu numero novo (toda vez que ligava dava que o numero discado “não existe”) e seu e-mail (não tenho dinheiro nem para comprar um pão, muito menos um computador.). Fiquei esperando ela voltar para ter minhas respostas e agora, agora tudo havia se respondido.
Lágrimas mais fortes vieram quando começaram a se beijar.  Fui invadido novamente, agora não sentia mais nada, apenas queria desmoronar.
Como que se alguém tivesse dito que eu estava ali, ela abriu os olhos e me viu. Sua pupila dilatou, eu pude notar.
O trem chegou. Entrei rápido, não queria passar por mais coisas tão repentinamente. Algumas pessoas dentro do vagão me olharam e ficaram surpresas, outras até riram; eu não me importava. Era cem vezes melhor do que ficar ali.



Dentro do vagão, estava ficando tarde, o céu já estava escuro. Eu estava totalmente acabado, tinha parado de chorar, mas sentia um terrível vazio dentro do peito.
Senti minha maleta vibrar. Uma mensagem? No meu celular? Com certeza era a operadora com uma daquelas promoções chatas. A curiosidade me pegou e tive de ler o que tinha me enviado.
“Desculpe” – numero desconhecido
Não chorei novamente porque o vazio no meu peito me impediu. Ah Sarah, você está me matando.

4 comentários:

  1. gostei muito da história, mas achei o título meio sem criatividade

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hehe foi inspirado num trexo da música, desculpe xD

      Excluir
  2. Como disse no coment acima, o título fica devendo, a história nem tanto. Só achei muito curtinho T,T
    O tema aqui era drama mano? kkkkkkkkk primeiro o yaoi super dramático da Izako-chan e agora um final triste LOL
    Mas bem, o que conta foi os sentimentos. Gostei dessa fanfic porque ela teve muito disso tudo e me remeteu não aquelas fanfics secas shoujos ou coisa parecida, e com protagonista homem. Podia ter contado pelo menos o nome dele de alguma forma -Q (so não sei se é por causa da música, enfim).
    Teve alguns erros, ou falta de palavras num momento, mas dá a entender direito o resto. Claro que a outra teve tbm, mas enfim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah sim, tenho o costume terrível de escrever história curtas, até eu acho isso chatão q
      Eu sou especialista em trágedias, e como o tema era drama eu não podia matar ninguém LOL
      Não acho importante dar nome ao protagonista nessa fic, já que ela é tão rápida assim qqq

      E sobre as palavras comidas... EU JURO POR TUDO QUE É SAGRADO QUE DEU ALGUMA COISA ERRADO QUANDO FUI ENVIAR ;-;
      eu até re-li a história pelo word e tava todas as palavras lá, bonitinhas. ;-;

      Bem obrigado por criticar e elogiar e história, beijos <3

      Excluir

Obrigada por ler ^.^ Deixe-nos felizes e saltitantes ao colocar sua opinião/critica/elogio/xingamento/desabafo/qualqueroutracoisa aqui e.e hehe